TV ONLINE EM PORTUGUÊS
TRANSMISSÃO DE CONTEÚDOS CRISTÃOS E GENERALISTAS

Chat Online

Médicos trabalhadores chineses lutam para conter surto de cólera em Moçambique

Trabalhadores chineses de assistência médica na comunidade de Munhava, em Moçambique, desinfetaram 41 quartos e 5.500 metros quadrados de fossas em 16 famílias infetadas com cólera, enquanto se esforçam para conter um surto de cólera.

Médicos trabalhadores chineses lutam para conter surto de cólera em Moçambique
De acordo com fontes oficiais, Munhava, um dos bairros mais pobres da cidade da Beira, confirmou 20 casos de cólera após o ciclone Idai ter aterrado a 14 de março. Até ao final de março, a área ainda estava a lutan para fornecer água limpa e saneamento, enquanto a avaliação mostra que a área é vulnerável a um surto desagradável de cólera.

Respondendo ao surto de cólera, Moçambique procurou ajuda médica na China. Desde que a equipa chinesa de assistência médica chegou à cidade da Beira na última segunda-feira, eles têm realizado trabalhos intensivos de desinfecção em áreas internas e externas. O medicamento, segundo a agência Reuters, evita a proliferação da bactéria que causa a cólera.

"Podemos cortar as rotas de transmissão e proteger as famílias dos pacientes de cólera, desinfetando os alojamentos, alimentos, objetos e mantimentos diários que foram expostos a eles", disse Zhang Tao, um médico chinês que também é chefe da desinfecção da equipa de trabalho em Munhava. Enquanto isso, os trabalhadores humanitários chineses também participaram do trabalho de desinfecção das empresas a pedido do governo local. Além da desinfecção geral, a equipe também realizou testes de água potável e alimentos para garantir sua segurança. 

Deixe o seu Comentário

    Ainda ninguém adicionou um comentário.
    Preencha o formulário acima e seja o primeiro!