TV ONLINE EM PORTUGUÊS
TRANSMISSÃO DE CONTEÚDOS CRISTÃOS E GENERALISTAS

Chat Online

Fotógrafo faz últimos registo de elefante raro, um do poucos da sua espécie que ainda sobrevive na África

Morreu a “Rainha dos Elefantes“, uma elefantes fêmea da subespécie elefante-da-savana, estima-se que restem apenas 30 exemplares desta espécie em África. 

Fotógrafo faz últimos registo de elefante raro, um do poucos da sua espécie que ainda sobrevive na África
Os elefantes estão entre os animais mais antigos que ainda habitam a Terra. Acredita-se que o primeiro deles surgiu no planeta há 25 milhões de anos. A partir dessa linhagem, vieram as duas espécies conhecidas até hoje: os africanos e os asiáticos.

Na África, há os elefantes-da-floresta e os elefantes-da-savana. No passado, biólogos afirmam ter existido uma terceira subespécie, precursora do da savana, mas hoje extinta.

Por causa das suas longas presas, ao longo dos últimos séculos, o elefante-da-savana foi brutalmente caçado e morto. Traficantes tiravam a vida desses imensos animais para vender o marfim. Crime cruel que até hoje ainda é cometido.
Em 2017, o fotógrafo britânico, especializado em de vida selvagem, Will Burrard-Lucas registou as fotos em preto-e-branco que ilustram esta reportagem. Feitas no Parque Nacional de Tsavo, no Quénia, elas fazem parte de um projeto da Fundação Tsavo e do Kenya Wildlife Service para aumentar a conscientização sobre a importância da conservação do elefante-da-savana.

Infelizmente, na semana passada, Burrard-Lucas contou, no seu blog, que a elefante retratada no seu ensaio tinha morrido de causas naturais, pouco tempo depois das imagens teriam sido feitas.

Deixe o seu Comentário

    Ainda ninguém adicionou um comentário.
    Preencha o formulário acima e seja o primeiro!