TV ONLINE EM PORTUGUÊS
TRANSMISSÃO DE CONTEÚDOS CRISTÃOS E GENERALISTAS

Chat Online

China lançou o primeiro processador de inteligência artificial

A fabricante de processadores chinesa Cambricon Technologies lançou oficialmente em Xangai, o primeiro processador de inteligência artificial  do país para serviços baseados em nuvem.

China lançou o primeiro processador de inteligência artificial
A potência máxima de processamento do modelo MLU100 de alto desempenho é superior a 1,66 terabytes de computação de ponto fixo por segundo.

O processador tem uma estrutura mais complexa em comparação com processadores usados em terminais comuns, de acordo com Chen Tianshi, CEO da Cambricon.

“Um processador de inteligência artificial para serviços em nuvem realmente refere-se a servidores e centros de massa de dados no campo de inteligência artificial. A maior diferença entre os processadores de terminais comuns é que ele tem uma capacidade de computação maior", disse ele.

A Cambricon, com sede em Pequim, incubada pela Academia Chinesa de Ciências (CAS) e apoiada pelos gigantes da tecnologia do país, incluindo a Alibaba Group, lançou o primeiro processador de inteligência artificial do país, o 1A, em 2016, que também é supostamente o primeiro processador do mundo de rede neural comercializado.

Muitos acreditam que o recém-lançado MLU100 desenvolvido com abordagem interdisciplinar de neurociência é uma atualização fenomenal dos processadores anteriores da empresa em termos de aplicações futuras.

"Comparado com os processadores Cambricon anteriormente usados em smartphones e outros terminais inteligentes, o novo processador AI lançado hoje dará aos terminais inteligentes aplicações mais amplas em nuvem, como o sistema de voz inteligente. Portanto, o processador é um avanço pioneiro", disse Zhang Xu. presidente da Academia Chinesa de Ciências.


Deixe o seu Comentário

    Ainda ninguém adicionou um comentário.
    Preencha o formulário acima e seja o primeiro!