TV ONLINE EM PORTUGUÊS
TRANSMISSÃO DE CONTEÚDOS CRISTÃOS E GENERALISTAS

Chat Online

Anfitrião do G20 minimiza as preocupações com a guerra comercial

O anfitrião do G20 minimiza as preocupações com a guerra comercial, os europeus dizem que os obstáculos permanecem para o acordo com o Mercosul

Anfitrião do G20 minimiza as preocupações com a guerra comercial
O secretário do Tesouro da Argentina, Nicolas Dujovne, minimizou o risco de uma guerra comercial global no final da reunião do G20 ministros das finanças e dos governadores dos bancos centrais em Buenos Aires.

No final do encontro, os líderes financeiros mundiais rejeitaram o protecionismo e pediram "mais diálogo" sobre o comércio, mas não conseguiram dispersar a ameaça de uma guerra comercial dias antes das tarifas de metais dos EUA entrarem em vigor e de Washington anunciar medidas contra a China.

O G20 concordou apenas em manter uma declaração ambígua sobre o comércio a partir de 2017 e "reconhecer" a necessidade de mais "diálogo e ações".

A União Europeia, o maior parceiro comercial dos EUA, quer estar isenta das tarifas de metais como Canadá e México, mas até agora não teve sucesso algum. Como resultado, a União Europeia está a preparar as tarifas de retaliação para produtos norte-americanos, que vão de bourbon e jeans a motos Harley-Davidson.

Também está a diversificar a sua base comercial global com negociações de livre comércio com o bloco sul-americano Mercosul.

À margem da reunião, uma autoridade do Ministério da Economia da Argentina disse que as negociações terminariam no primeiro semestre deste ano. Mas o ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, disse que prefere esperar para chegar a um acordo melhor.

Os agricultores da União Europeia são resistentes a um aumento esperado das importações de carne bovina e de bio combustível do Mercosul, que inclui também o Brasil, o Paraguai e o Uruguai.

Os ministros das Finanças e a reunião dos governadores dos bancos centrais do G20 estabelecem as bases para a Cimeira dos Líderes, programada para o final do ano a 30 de novembro.



Deixe o seu Comentário

    Ainda ninguém adicionou um comentário.
    Preencha o formulário acima e seja o primeiro!