TV ONLINE EM PORTUGUÊS
TRANSMISSÃO DE CONTEÚDOS CRISTÃOS E GENERALISTAS

Chat Online

Escócia acredita que pode persuadir os negociadores britânicos

O governo da Escócia acha que as campanhas para travar o Brexit têm poucas possibilidades, mas acredita que pode persuadir os negociadores britânicos de tentar permanecer no mercado único da União Europeia

Escócia acredita que pode persuadir os negociadores britânicos
Falando à Reuters durante uma visita de dois dias a Bruxelas para denunciar diplomatas da UE e legisladores sobre as próximas conversas da Grã-Bretanha sobre as relações pós-Brexit com o bloco, Fiona Hyslop, ministra dos Negócios estrangeiros do governo escocês, disse que seria "excessivamente otimista" pensar que a continuação da adesão à UE ainda era possível.

A primeira-ministra britânica Theresa May insistiu que todo o Reino Unido vai deixar o mercado único e uma união aduaneira quando ele sair da União Europeia em março do ano que vem, embora pouco mudaria na prática por mais dois anos.

Espera-se que Theresa May ofereça mais detalhes no próximo mês sobre o que seu governo quer num futuro relacionamento. Londres indicou que vê um amplo acordo de comércio livre, mais próximo do que um recente acordo da UE com o Canadá.

Mas o governo escocês pró-independência diz que deixaria a economia da Escócia 6,1 por cento menor do que seria em 2030 se tivesse ficado na UE.

Observando que um estudo do governo escocês mostrou que mesmo permanecer no mercado único custaria à economia 2,7 pontos percentuais do PIB, Hyslop disse que era a "opção menos pior".

O objetivo era agora persuadir Theresa May a buscar esse resultado antes de finalizar a sua posição de negociação.



Deixe o seu Comentário

    Ainda ninguém adicionou um comentário.
    Preencha o formulário acima e seja o primeiro!